21 de setembro de 2014

Comparativo Boulevard M800 e Sportster 883 Custom

Se a gente quer aprender alguma coisa nesta vida, precisamos pagar o preço. Quer experimentar uma marca de carro ou moto, tem que comprar... Não basta, apenas dar uma voltinha ou fazer um test drive.




Foi com este intuito que adquirimos há um tempo atrás a Suzuki Boulevard M800, 2012 zero Km, e a testamos por 6 meses. Moto linda na cor azul clara, o banco do garupa podia ser tirado e no lugar se colocava uma carenagem. Ela realmente é charmosa, com estilo Custom, refrigeração líquida, peso em torno de 269 Kg, baita pneu traseiro e ótima suspensão; motor com 805 cc e 53 CV de potência. Segundo o vendedor, o reservatório da gasolina fica embaixo do banco, baixando, assim, o centro da gravidade da Suzuki M800 ( segundo proprietários de Boulevard informação errada). Tem marcador de combustível - isso teria que ter em todas as Harleys, mas infelizmente eles consideram como um acessório...
Ah! e o preço era próximo à uma Sportster 883 Iron... Lembrando que estou comparando com uma 883 CUSTOM, e não Iron.
O único porém é que ela demorava para chegar aos 90 km/h, e muitas vezes me via em má situação nas estradas interioranas. Pois não conseguia me desvencilhar dos caminhões... Assim fica difícil. E no verão, mesmo com refrigeração líquida, o motor aquecia bastante...


No caso da Sportster XL 883 Custom - moto robusta, tanque para 17 litros, suspensão é durona, peso da Sportster é de 259 kg, motor com 883 cc e 51 CV de potência. No verão o calor não incomoda como as HD de 1600 cc; e o principal, chega facilmente à 100 km/h, o motor responde bem quando é solicitado. O banco é um pouco mais alto do que a Boulevard, mas mesmo assim consigo fazer as manobras necessárias.
Ambas precisam de outro guidão, se for para uma pilota, senão as costas vão incomodar...

A Boulevard tem muitas peças em plástico e o acabamento poderia ser melhor, inclusive os cromados. As rodas são pintadas ao invés de cromadas; e o farol não tem nada a ver com o estilo da moto - preferia o das Boulevard 2008.
Acostumada com a Harley-Davidson, que tem um ótimo acabamento, onde há uma boa diversidade de cores de motos, e ainda, as rodas são cromadas e os para-lamas são de ferro; vejo que estas diferenças fazem a gente ficar mais consciente na hora de se decidir.



Se você tiver outra opinião e quiser compartilhar com a gente, fique à vontade. Pois o que vale é a experiência de cada um.
Por falar nisso... Qual a sua Moto ideal?
Porque esta postagem não é para quem tem certeza de qual é a sua moto ideal, mas sim para quem está em dúvida e quer conhecer a experiência dos outros, sem se ater apenas às revistas motociclísticas...
Além da Boulevard já tive Biz, Virago, Shadow e tentei uma BMW650 e uma Bonneville, mas faltou perna para experimentá-las...
Gosto da Indian mas, aprendi a gostar da Harley - não por causa da marca, do Harlismo, mas sim pela sensação de pilotar uma moto potente, clássica com atributos que são importantes para mim. Just it...

Nos vemos na estrada!



Vìdeos Zen na Motocicleta

Previsão do tempo